6

Ah, a depilação!

Que mulher hoje em dia pode dar-se o luxo de abdicar de tortura tão necessária? Entre tantas reformas, reivindicações e revoluções, nos vemos escravas das sessões de cera quente que nos arrancam os indesejáveis pelos e também lágrimas (lágrimas sim, às vezes rola uma discreta no canto do olho. rsrs). Mas a necessidade está aí e a vida continua companheiras e não sou eu que vou ficar peluda feito um homem só por que depilação dói. Você vai? Então boa sorte.

Depilação!

Para nos vermos livres dos pelos (que no meu caso não são poucos) temos algumas opções eficazes e outras nem tanto. Vamos a elas:

Lâmina: conhecida popularmente como Gilette (que é uma das inumeras marcas), ela serviu para muitas de nós por falta de opção, por medo da dor (da cera) ou por comodismo, afinal todo mundo tem uma lâmina ali de bobeira no banheiro de casa. Mas amiga, essa coisa não é de Deus! De início, pode até parecer que resolveu seus problemas, mas no dia seguinte sabe o que acontece?

Sua pele que deveria ter ficado lisinha, volta a espetar e as malditas bolinhas aparecem e coçam, incomodam e doem  às vezes. Só pra dizer que não é implicância minha, digo que já vi mais de uma pessoa reclamar do mesmo e mais de um profissional de estética condenar (tudo bem que eles são meio suspeitos pra falar).

A Bic e a Gilette lançaram linhas de lâminas que se dizem próprias para a pele feminina.

Aparelhos elétricos: Sim, eles são eficazes e sim, utilizá-los dói horrores (mais do que a cera, na minha opinião), mas há quem diga que são ótimos e que o pelo demora a nascer. Já usei uma mísera vez bem rápida por que não agüentei a dor.

Conheço o Satinelle da Philips.

Cremes depilatórios: São muitos, tem os mais variados preços, tipos e promessas que dizem depilar deixando sua pele hidratada e ainda por cima com cheiro de mel, lavanda e sei lá mais o que. Já usei e, se você tem tempo, poucos pelos e dinheiro vai fundo, mas se quer solução mais eficaz, rápida e de maior duração procura outra coisa. De vez em quando eu compro novamente um ou outro pra ver se mudaram a fórmula e o creme depilatório virou algum milagre da depilação. Estou esperando até hoje.

Veet e Depi Roll são os campeões de vendas nas farmácias.

Cera: Quente ou fria, as duas podem te fazer dar gritinhos, caso não esteja acostumada com o ritual. Para a utilização da cera, porém, existem métodos que vão desde o “faça você mesma”, pedir a ajuda de uma amiga, namorado ou procurar ajudar profissional.

Veet e Depi Roll são os que eu também conheço para esta modalidade.

Vamos ao processo:

“Faça você mesma” – você precisa de concentração, experiência e não ter pena de si mesma. Tudo isso é muito difícil de ser encontrado em uma só pessoa, logo o resultado pode não ser aquele que você esperava.

Pedir a ajuda da amiga – ela precisa ter alguma experiência e você sorte, pois se a cera for puxada de forma inadequada pode te causar algum problema de pelo encravado ou vermelhidão no local. Também pode virar um drama, por que você vai gritar e aí sua amiga vai gritar, você ficar nervosa, tremendo e ela também. Sabe como é mulher, né?!

Pedir ajuda ao namorado – NÃO. Meninas que cultivam essa prática, não é por nada não, mas meu namorado já me vê acordar com os cabelos pro alto, com bafinho matinal (por isso nem gosto de falar nesse momento) e me contorcendo com as malditas dores da cólica menstrual, não vai ser de mais esse momento sem glamour que ele vai participar. Recomendo que os namorados nos vejam lindas e lisinhas e imaginem (sonho meu) que nós nascemos perfeitas assim.

Ajuda profissional – Os lindos e serenos institutos de depilação que tanto amo. Yes, people, amo esses lugares. As pessoas são atenciosas, a música é baixa e ambientação com cheiro agradável, tudo isso para minimizar o trauma que é passar por depilação a cera quente, por que todas nós sabemos que dói mesmo. As depiladoras costumam ser simpáticas e vão conversando com a gente pra nos distrair e relaxar dos puxões repentinos. Além do bate-papo, tem o gel que dá um super alívio na pele, me sinto praticamente um bebê novamente de tão lisinha e saio de lá feliz da minha vida e achando o custo benefício super válido.

Cera “profissa” – Tem aí alguns institutos de depilação:

http://www.depilatti.com.br/

http://www.pelomenos.com.br/

http://www.depilstar.com.br/

É isso, mulherada! Como talvez já tenham percebido, eu gosto mesmo é de ir aos tais institutos de depilação e ser super bem tratada pra compensar a dor que eu vou ter que sentir. Testem e escolham o jeito mais prático e barato para vocês.

Fica a dica!

Anúncios