Comprar com consciência – Zara é o “zaralho”!

O Dica Aleatória nasceu da nossa vontade de dar dicas sobre coisas legais que descobrimos e experimentamos, como você já deve ter lido na nossa descrição. Tendo em vista o propósito do site, acreditamos que dar dicas para que nosso leitor não seja enganado ou compactue com coisas que não são nada legais seja, no mínimo, justo.

Recentemente a famosa marca Zara foi acusada de ter fornecedores que exploram a mão-de-obra de imigrantes bolivianos e os mantém em péssimas condições de trabalho e vida. Um trabalho que pode ser considerado escravo. A marca afirmou desconhecer essas informações, mas não era o que as provas do Ministério do Trabalho de São Paulo constaram (além do mais, qualquer empresa tem o dever de saber quais são as condições de seus empregados, mesmo que sejam terceirizados, quarteirizados, ETC.).

Em outras épocas, marcas tão grandes quanto ou mesmo maiores que a Zara passaram por isso e logo trataram de se corrigir e deixar claro como é sua política e o que foi feito para que esse absurdo não se repita. Não iam ficar tirando o corpo fora, falando que não sabiam de nada.

Sabemos que é muito difícil que se tome conhecimento da origem de produção de tudo que consumimos, mas uma empresa na atualidade tenta ser o mais transparente possível nesse quesito para evitar problemas para si. A nossa dica de hoje é para que você procure saber de onde vem e como são produzidos os produtos que você mais consome.

É difícil? É.

Mas não impossível em meio ao grande volume de informações a que temos acesso. Quando uma empresa que desrespeita o ser humano for desmascarada não ignore, mostre sua indignação fazendo o que é a pior coisa para quem vende: Deixe de consumir seu produto, até que medidas reais para combater tal desrespeito sejam tomadas.

Consuma com consciência.

E não compre mais na Zara. Maldita empresa escravista, vai falir no fogo do inferno!

Fica a dica.

Anúncios

2 comentários sobre “Comprar com consciência – Zara é o “zaralho”!

  1. Bem interessante a dica… E reforço com os recentes casos de suícidio da FoxConn que fabrica os aparelhos da Apple e váriaaaas outras empresas americanas que exploram a mão-de-obra barata… Já passaram séculos que a escravidão acabou, mas os poderosos continuam investindo nessa prática (ainda que de forma mascarada)…

  2. Pois é, a única forma que temos de fazer algo é deixar de consumir produtos dessas empresas quando um escândalo desse aparece. Divulgar pra quem conhecemos também faz diferença, muita gente não fica sabendo dessas coisas.
    Vamos fazendo nosso parte…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s