Uma sopa simples e mais saudável

A gente vive uma correria louca pra dar conta de 37 mil tarefas diárias. No meio de tudo isso ainda temos que parar pra comer pois, como sabemos, saco vazio não para em pé… Mas cadê o tempo pra preparar refeições gostosas e saudáveis, viver e ainda dar conta dos compromissos?

Pra tentar facilitar nossas rotinas noturnas e comer algo mais leve nessa parte do dia, optamos pelas sopas semiprontas em saquinho. A promessa é de praticidade e sabor… mas, depois de ver a quantidade de sódio que tem num pacotinho desses, pensamos no quanto faz mal para o nosso organismo.

A praticidade das mesmas se tornou algo questionável pra nós. Você coloca o pó em 1,5 l de água e mexe por bastante tempo – impossibilitando que você faça outras coisas, diga-se de passagem – até começar a ferver, depois você espera mais cinco minutos para só então a sopa estar pronta. Na prática não é tão prático quanto prometem. :/

Começamos a fazer sopas de legumes, de abóbora, lentilha e ervilha, mas caímos em três problemas:

1 – Descascar abóbora / vários legumes pra compor uma sopa é um saco;

2 – Depois de cozinhar tudo, tínhamos que esperar esfriar para só então poder bater no liquidificador, guardar tudo em potes e, por fim, tomar a sopa;

3 – A sopas de ervilha e lentilha eram as mais fáceis, mas não eram nutritivas o suficiente e continham muita gordura por conta das linguiças e bacon que colocávamos.

Procurando praticidade e qualidade, pensamos em como ter uma opção de comida mais leve para o jantar, sem ser artificial e sem que dê muito trabalho?

Foi misturando que a gente chegou ao que consideramos ideal:

Um dia nos deu um estalo de que as sopas de ervilha e lentilha levam uns 20 minutos cozinhando em panela de pressão sem que precisássemos ficar lá mexendo e velando a sopa como na artificial.

Trocando o monte de linguiça e outras carnes gordurosas por temperos, alguns legumes e talos, as vezes cortados meio grosseiramente mesmo, colocamos um pouco de sal e mandamos ver. Como vai tudo junto na panela de pressão, sempre dá tempo de cozinhar e assim temos feito também com a lentilha. Ainda colocamos um litro a mais de água, por ela ser mais encorpada, ou seja rende mais! 🙂

Resumindo: Ervilha e lentilha servem como ótimas bases para sopa, pois não precisamos colocar mil legumes para encorpar a sopa, apenas alguns já dão muitos nutrientes que precisamos e um gostinho todo especial. 😉

E o legal dessa dica é que você deve sempre variar os legumes para ter nutrientes diferentes, ou seja: Dificilmente fica enjoativo!

Fugimos das sopas de pacote que deveriam ser chamadas de sopa de sódio embutido. rs XD

Experimente!

Fica a dica!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s