Batalha de Games: Nike+ Kinnect Trainning Vs. Adidas miCoach

Quem nos conhece sabe que gostamos muito de vídeo games. Desde os clássicos até os jogos mais modernos.

Sentimos a necessidade de praticar atividades físicas e manter o corpo em forma (afinal, ninguém está ficando mais novo por aqui!), mas nós detestamos academia – e detestamos mais ainda pagar por ela ¬__¬ – que nós vamos abandonar nas primeiras semanas porque somos preguiçosos choveu, estamos doloridos, saímos tarde do trabalho, fomos ao bar beber ou, seja lá qual for a desculpa, a gente acaba largando a academia. É um fato, e pra muita gente que conhecemos também.

Eis que surgiu na nossa vida um XBox 360 com Kinect e se tornou prazeroso aliar a jogatina com alguma atividade corporal! 😀

Com o console da Microsoft em casa, decidimos investir em jogos que possibilitassem realizar exercícios em casa porque, acreditem, isso funciona muito bem para quem quer fazer aquele esforço inicial, sair da inércia, mas tem falta de tempo (ou uma preguiça MONSTRO de sair de casa) para isso.

Vamos falar das vantagens e desvantagens de dois dos games para prática de exercício que temos (vai que motiva alguém! 😉 ):

Nike+ Kinect Trainning

Nike Plus Kinnect Trainning

Como o nome já diz, pertence a Nike e promete um programa de exercícios baseada nas atividades dos seus atletas. Com visual esportivo e limpo o jogo traz mensagens de incentivo dos atletas da Nike a cada novo desafio ou conquista. Você faz uma avaliação física e escolhe o seu objetivo: Emagrecer ou ganhar condicionamento físico. A partir daí um personal trainer irá te acompanhar nas sessões de treino. Você terá um programa semanal de exercícios que alternam entre força e cardiorrespiratórios.

Há um contador de calorias gastas e pontos acumulados, chamados de Nike Fuel. Você ainda pode criar uma conta no site da Nike para guardar seus pontos e disputar com seus amigos na rede social da empresa. Tudo pra te motivar e é bem legal! 🙂

Pontos fortes:

Excelente reconhecimento: Possibilita contar o Nike Fuel certinho e mais importante, aponta movimentos errados para que você não se machuque e consiga o máximo do exercício;

Repetição: Os exercícios são apresentados alternando força e cardio, assim, cada parte do corpo tem a chance de descansar enquanto você exercita outras;

Começo, meio e fim: Todas as sessões tem uma parte com aquecimento, o exercício em si e e o alongamento no final, como deve ser em toda atividade física;

Ritmo: Ótimo, te joga um exercício e dá alguns segundos de recuperação entre um e outro, mas você sempre pode avançar quando quiser. Se não, só deixar rolar que vai automaticamente;

Acessórios: O jogo não exige que você tenha uma mini academia montada em casa para utilizá-lo. Se você tiver uns pesinhos já consegue realizar bem os exercícios, se não tiver pode fazer o exercício normalmente;

Linguagem: É praticamente todo em português (só as mensagens de apoio gravadas pelos esportistas da Nike que são em inglês).

Pontos fracos:

Os mesmos treinadores: Há um homem e uma mulher pelo qual você opta e nada mais. Chega uma hora que a voz deles cansa e você quer esmurrar a pessoa no jogo que tá falando pra você se esforçar como se tivesse acabado de começar a sessão. Praticamente a mesma raiva momentânea que você sentiria de um personal trainer; XD

Mesmas falas: O roteiro gravado pelos treinadores é bem limitado e você fica ouvindo os mesmos conselhos todo santo dia e às vezes até fora de contexto. Não mata, mas é chatinho;

Adidas miCoach

Adiddas miCoach

A Adidas lançou antes da Nike um joguinho pra chamar de seu, com rede social e tudo, no mesmo estilo do Nike Plus. O problema é que a Nike fez uma parceria ótima com a Microsoft (só a criadora do Kinect, né). Já a Adidas, devia ter esperado e investido mais em uma empresa que tivesse um conhecimento melhor da plataforma, porque deixou a desejar e muito!

Pontos fortes:

Exercícios diferentes de outros jogos do gênero: Força você a alterar sua rotina;

Acessórios: Possui exercícios baseados em utilização de pesos e aquela bola de academia;

Reconhecimento de voz: Reconhecimento de voz para algumas opções, muito bem vindas.

Pontos fracos:

Ritmo: O ritmo das sessões é extremamente lento e um porre. Você termina um exercício, tem q ficar em pé, em posição certinha pra poder começar outro, dizendo se está com peso, se não está, se tem bola, se não tem… Até tem o reconhecimento de voz para ajudar, mas, mesmo assim, iniciar cada exercício de cada sessão é um atraso de vida;

Reconhecimento: É horrível, sem comparação com os outros…. Ele reconhece muito mal e porcamente;

Acessórios: Acabam sendo um ponto fraco também, pois, se não tiver os acessórios, ele PULA os exercícios… Não são adaptáveis para fazer sem…

Resumindo: O Nike+ é bem completo, te ajudando sério com a perda de peso e o começo de uma vida saudável. O Adidas miCoach tem exercícios diferentes, que são sempre bons para estimular diferentes músculos e te força a sair da rotina, mas o reconhecimento e principalmente o ritmo prejudicam o bom andamento da atividade.

Nenhum treinador recomenda substituir o treinamento orientado em academia pelo jogo, por conta do feedback que se recebe dos técnicos. Mas, particularmente, para começar, achamos ótimo!

Se chegarmos a um ponto que sentirmos a necessidade de uma orientação específica, é porque estamos regularmente fazendo exercício e nosso objetivo de sair da inércia foi concluído, sem pagar caro por uma academia que, no começo (e como “começo” queremos dizer no primeiros meses), poderíamos faltar direto.

Se puder, não fique parado, LEVANTA E VAI! 😉

Fica a dica!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s