0

1º Seminário de HQs em Niterói!

Notícia boa para os amantes de quadrinhos! 😀

Seja para profissionais ou fãs, essa é uma boa oportunidade de participar de um tipo de evento que não é comum por essas bandas. A data para enviar trabalhos já passou (não sabíamos :/ ), mas ainda dá tempo de se inscrever para participar do evento como visitante. Ah, o seminário é gratuito e vai tratar de questões sociais, políticas e históricas relacionadas a este mundo. Achamos ótimo! 🙂 Vai ter até o Batman das manifestações! XD

Participem e divulguem para os amigos. Quando tornamos eventos assim um sucesso, abrem-se portas para outros! 😉

Confiram mais informações na imagem a seguir:

Clique aqui para acessar a página oficial do evento com mais informações!

 

Fica a dica!

0

Uma tarde no museu com Playmobil!

Lembra que falamos sobre a exposição comemorando os 40 anos do Playmobil? Então, nós fomos lá no Museu Histórico Nacional conferir e curtimos muito!

Tinha mais um grande na entrada que é um pirata, bem legal!

O universo montado na exposição faz os adultos voltarem a ser crianças e deixa as crianças de verdade de boca aberta com a enorme quantidade de cenários e detalhes.

Esse era o maior cenário, mas todos tem MUITOS detalhes!

Além dos brinquedos são contados fatos históricos relevantes para a história da marca, além de seu processo de evolução.

20141109_173741

Há uma gostosa mistura do brinquedo com os clássicos do cinema e sucessos de TV, além de uma boa inserção em alguns aspectos da cultura brasileira. Saímos de lá mais que satisfeitos.

Tem um que é de zumbi, bem “The Walking Dead”! 😀

O Museu Histórico Nacional ainda abriga outras exposições que nos chamaram muito a atenção, mas ficou pra outro dia curtir essas atrações. Depois da próxima visita voltamos pra contar como foi.

Ah, e ainda tem uma parte pras crianças se acabarem com alguns brinquedos! 🙂

Não demore para que ir conhecer a exposição 40 anos de Playmobil, ela só ficará disponível até 23 de novembro.

OBS: Aos domingos a entrada é gratuita. Mas só até 2015. Então aproveita!

Fica a dica!

0

Papos & Ideias sobrenaturais com o Nível Épico!

Dia 23 de Novembro do ano do nosso senhor de 2014 acontecerá o ENADE.

Mas, se você vai participar, não se aflija, pois o Papos e Ideias com Nível Épico será apenas as 16h, então, tem muito tempo pra fazer a prova e dar um pulinho lá! Ainda mais que o tema deste é horror sobrenatural! Muitas séries e filmes vão entrar na roda (ui!) e a discussão é sempre legal e regada de boas ideias! Ah, e de vez em quando, ainda rola uns brindes sagazes! 😉

Segue o flyer do evento:

American Horror Story e Supernatural são fodas (ainda precisamos ver Constantine… é muita série boa, Brasil)!

Como sempre, vai rolar em uma Saraiva, desta vez, no Shopping Rio Sul! Mais informações clicando na imagem acima ou aqui.

Vamos? 🙂

Fica a dica!

0

Já falei que a banda Ok GO é FODA DEMAIS? :D

Pra quem ainda não viu, para tudo e dá uma olhada no clipe novo do Ok GO, I Won’t Let You Down:

Ainda tem um site interativo, onde você vê entrevistar e pode montar seu próprio clipe com os personagens em 3D e a música de fundo! 😀 Só clicar na imagem abaixo:

Bem legal, dá pra perder uns minutos nessa brincadeira! 😀

Os clipes dessa banda são muuuuuuuuuito maneiros E geniais! 🙂 Se puder, veja mais alguns aqui.

Essa banda é muito boa, fomos num pocket show que deles na Lapa, pra promover a tequila José Cuervo, curtimos muito (as doses grátis e o show)!

Pode escutar, é um pop rock muito gostosinho! 😉

Fica a dica!

0

Wayward Manor – jogo do autor Neil Gaiman – Num pacote por (no mínimo) 1,90 Obamas!

Gente,

Só passando rapidinho e pra quem gosta:

Tem outros joguinhos mais light, mas pode valer a pena dar uma olhada neles também! 🙂

Acabou de sair um pacote quentinho do Indie Gala com uma promoção pra comprar o game de PC Wayward Manor por, pelo menos, 1,90 dólares , que teve o apoio todo especial de um dos autores mais fodas desta geração, Neil Gaman!

O cara só é o criador do Sandman atual, além de livros como Deuses Americanos, Lugar Nenhum (também como série de TV, HQ e Radio Drama – com o nosso querido Benedict Cumberbatch),Stardust e Coraline, dentre muuuuitas outras obras fodas demais!

Nem joguei ainda, mas pode ir fundo que In Neil Gaiman We Trust! 😉

Mas aproveita que esse preço é só até amanhã, 05/11, às 13h (se contei certo)! 🙂

Fica a dica!

0

Feliz Dia do Livro

Livros são maravilhosos.

Temos um monte de dicas que poderíamos compartilhar com vocês, mas fica para outro post menos corrido. Para não deixar passar a data em branco, separamos dois livros com a cerveja como tema para você conhecer:

larousse_de_cerveja 1001cervejas

Existem outros e com calma vamos indicando para quem tiver interesse. 😉

Leitura é algo fantástico e se for sobre o assunto que você gosta, torna a experiência mais especial ainda.

Leia bastante!

Fica a dica!

0

Sessão Nostalgia: 5 séries que deixaram saudades e você deve ver (ou rever)!

Faz um tempo que se popularizou no Brasil a febre de séries de TV americanas. Hoje em dia podemos ver por assinatura, Netflix e até pela galera do download PIRATA yo, ho, do olho de vidro, da perna de pau!, o importante é que as séries estrangeiras estão em alta por aqui.

Entre o final dos anos 90 e início dos anos 2000 (alerta denúncia de idade), foi o SBT (pelo menos pra mim) que abriu as portas para esse tipo de entretenimento. Principalmente para quem não tinha TV a cabo. Vou listar as séries que me marcaram, deixaram saudade e que, fatalmente, serão assistidas novamente.

1 – Gilmore Girls

GilmoreGirls

A série retrata a relação de mãe e filha que são amigas, o processo de amadurecimento de ambas e as situações boas e complicadas que todas já viveram. Gilmore Girls é uma série doce e gostosa de acompanhar e estará disponível no Netflix a partir de primeiro de outubro de 2014.

O SBT traduziu o título para Tal mãe, tal filha. Tá bom, SBT, nós te perdoamos. ¬__¬

2 – The O.C.

The OC

Dramas adolescentes, relações de família, disputa por dinheiro e status fazem parte da trama da série que se desenrola a partir da história de um adolescente que é resgatado do lar instável em que vive e é apresentado a um mundo totalmente novo. Uma pena que eles cagaram a última temporada que, praticamente, matou a série.

Mais uma vez o canal do Sílvio Santos resolver aportuguesar o nome e a trudução ficou assim: The O.C. – Um Estranho no Paraíso. ¬_¬

3 – Everwood

everwood

Um médico de sucesso resolve largar a vida de luxo em Nova Iorque e levar seus filhos para uma vida mais simples e calma em uma pequena cidade. Ele tem um filho adolescente que odeia a decisão que o pai tomou e a história se desenrola a partir dessa relação. Uma curiosidade é que uma das atrizes adolescentes principais dessa série é a nossa conhecida Emily Thorne de Revenge.

Graças a Deus Everwood ficou com o nome original mesmo! 🙂

4 – E.R

ER

Quem não lembra do George Clooney como um pediatra fofo de um pronto socorro de Chicago? Se você não sabe do que estou falando, saiba que você precisa conhecer essa série. Muito antes de Gray’s Anatomy e House, ER ganhou fãs e muitos prêmios durante suas 15 temporadas mostrando a rotina de médicos e seus dramas pessoais e profissionais, fazendo muita gente ficar viciado na série e até “aprender” jargões médicos.

Na tradução feita pela rede Globo o nome ficou: Plantão Médico. Esse a gente curtiu, só pela nostalgia! 😉

5 – Felicity

felicity

Uma garota entra na faculdade de medicina em Nova Iorque para ficar perto do seu amor (platônico) da adolescência. Lá, ela descobre que pode não ter sido uma boa ideia segui-lo… Entre encontros e desencontros a série se desenrola trazendo dramas de quem precisa escolher uma profissão e tomar decisões sobre a vida adulta. No elenco temos a atriz Amy Jo Johnson (a Ranger Rosa), que interpreta uma amiga da personagem principal.

A série conta ainda com a direção de ninguém menos que J.J. Abrams que, além de dirigir, escreveu e gravou a trilha de abertura da segunda temporada. Já dá pra ver em alguns episódios a genialidade e algumas experimentações do diretor! 🙂

Enfim, se não viu, você DEVE assistir essas séries! Se já passou pela sua vida, reveja, pois são ótimas  valem a pena!

Fica a dica!

1

Dica de cinema: Lucy

Finalmente fomos ver o filme Lucy! A curiosidade estava bem grande após a liberação do trailer oficial. 🙂

Nomes como Scarlett Johansson e Morgan Freeman no elenco também pesam bastante. Dirigido por Luc Besson e ambientado na China e França, Lucy é um filme que mistura ficção científica e ação em uma trama que se desenrolar rápido em seus 91 minutos: O que aconteceria ao ser humano se ele desenvolvesse 100% da sua capacidade cerebral?

Scarlett Johansson como Lucy com cara de mal fodona!

O desenrolar é bem legal, conforme a porcentagem vai aumentando, novos poderes e acessos a áreas desconhecidas acontecem por parte da personagem. Muitos estudos já desmentiram essa questão do ser humano usar apenas 10% do cérebro, mas continua sendo um ótimo exercício de ficção.

Um filme fácil de ver, com dezenas de referências científicas interessantes. Um ótimo programa para uma segunda-feira (que foi quando vimos), por já começar a semana com um programa legal e pelo fato do cinema ser mais barato nesse dia. 😉

Filme de Luc Besson é difícil não se empolgar pra ver!

E sem soltar spoiler, mas comentando: Vá com a mente aberta, pois o filme dá uma viajada LEGAL! O final, então, nem se fala! XD

E, diferente do que o trailer pode transmitir, ele não é ação do início ao fim, mas curtimos bastante! A atriz principal é foda e o Morgan Freeman é o narrador que qualquer cineasta/documentarista pediu a DEUS!

Procure uma sala de cinema e vá curtir este bom filme!

Fica a dica!

0

Batalha de Games: Nike+ Kinnect Trainning Vs. Adidas miCoach

Quem nos conhece sabe que gostamos muito de vídeo games. Desde os clássicos até os jogos mais modernos.

Sentimos a necessidade de praticar atividades físicas e manter o corpo em forma (afinal, ninguém está ficando mais novo por aqui!), mas nós detestamos academia – e detestamos mais ainda pagar por ela ¬__¬ – que nós vamos abandonar nas primeiras semanas porque somos preguiçosos choveu, estamos doloridos, saímos tarde do trabalho, fomos ao bar beber ou, seja lá qual for a desculpa, a gente acaba largando a academia. É um fato, e pra muita gente que conhecemos também.

Eis que surgiu na nossa vida um XBox 360 com Kinect e se tornou prazeroso aliar a jogatina com alguma atividade corporal! 😀

Com o console da Microsoft em casa, decidimos investir em jogos que possibilitassem realizar exercícios em casa porque, acreditem, isso funciona muito bem para quem quer fazer aquele esforço inicial, sair da inércia, mas tem falta de tempo (ou uma preguiça MONSTRO de sair de casa) para isso.

Vamos falar das vantagens e desvantagens de dois dos games para prática de exercício que temos (vai que motiva alguém! 😉 ):

Nike+ Kinect Trainning

Nike Plus Kinnect Trainning

Como o nome já diz, pertence a Nike e promete um programa de exercícios baseada nas atividades dos seus atletas. Com visual esportivo e limpo o jogo traz mensagens de incentivo dos atletas da Nike a cada novo desafio ou conquista. Você faz uma avaliação física e escolhe o seu objetivo: Emagrecer ou ganhar condicionamento físico. A partir daí um personal trainer irá te acompanhar nas sessões de treino. Você terá um programa semanal de exercícios que alternam entre força e cardiorrespiratórios.

Há um contador de calorias gastas e pontos acumulados, chamados de Nike Fuel. Você ainda pode criar uma conta no site da Nike para guardar seus pontos e disputar com seus amigos na rede social da empresa. Tudo pra te motivar e é bem legal! 🙂

Pontos fortes:

Excelente reconhecimento: Possibilita contar o Nike Fuel certinho e mais importante, aponta movimentos errados para que você não se machuque e consiga o máximo do exercício;

Repetição: Os exercícios são apresentados alternando força e cardio, assim, cada parte do corpo tem a chance de descansar enquanto você exercita outras;

Começo, meio e fim: Todas as sessões tem uma parte com aquecimento, o exercício em si e e o alongamento no final, como deve ser em toda atividade física;

Ritmo: Ótimo, te joga um exercício e dá alguns segundos de recuperação entre um e outro, mas você sempre pode avançar quando quiser. Se não, só deixar rolar que vai automaticamente;

Acessórios: O jogo não exige que você tenha uma mini academia montada em casa para utilizá-lo. Se você tiver uns pesinhos já consegue realizar bem os exercícios, se não tiver pode fazer o exercício normalmente;

Linguagem: É praticamente todo em português (só as mensagens de apoio gravadas pelos esportistas da Nike que são em inglês).

Pontos fracos:

Os mesmos treinadores: Há um homem e uma mulher pelo qual você opta e nada mais. Chega uma hora que a voz deles cansa e você quer esmurrar a pessoa no jogo que tá falando pra você se esforçar como se tivesse acabado de começar a sessão. Praticamente a mesma raiva momentânea que você sentiria de um personal trainer; XD

Mesmas falas: O roteiro gravado pelos treinadores é bem limitado e você fica ouvindo os mesmos conselhos todo santo dia e às vezes até fora de contexto. Não mata, mas é chatinho;

Adidas miCoach

Adiddas miCoach

A Adidas lançou antes da Nike um joguinho pra chamar de seu, com rede social e tudo, no mesmo estilo do Nike Plus. O problema é que a Nike fez uma parceria ótima com a Microsoft (só a criadora do Kinect, né). Já a Adidas, devia ter esperado e investido mais em uma empresa que tivesse um conhecimento melhor da plataforma, porque deixou a desejar e muito!

Pontos fortes:

Exercícios diferentes de outros jogos do gênero: Força você a alterar sua rotina;

Acessórios: Possui exercícios baseados em utilização de pesos e aquela bola de academia;

Reconhecimento de voz: Reconhecimento de voz para algumas opções, muito bem vindas.

Pontos fracos:

Ritmo: O ritmo das sessões é extremamente lento e um porre. Você termina um exercício, tem q ficar em pé, em posição certinha pra poder começar outro, dizendo se está com peso, se não está, se tem bola, se não tem… Até tem o reconhecimento de voz para ajudar, mas, mesmo assim, iniciar cada exercício de cada sessão é um atraso de vida;

Reconhecimento: É horrível, sem comparação com os outros…. Ele reconhece muito mal e porcamente;

Acessórios: Acabam sendo um ponto fraco também, pois, se não tiver os acessórios, ele PULA os exercícios… Não são adaptáveis para fazer sem…

Resumindo: O Nike+ é bem completo, te ajudando sério com a perda de peso e o começo de uma vida saudável. O Adidas miCoach tem exercícios diferentes, que são sempre bons para estimular diferentes músculos e te força a sair da rotina, mas o reconhecimento e principalmente o ritmo prejudicam o bom andamento da atividade.

Nenhum treinador recomenda substituir o treinamento orientado em academia pelo jogo, por conta do feedback que se recebe dos técnicos. Mas, particularmente, para começar, achamos ótimo!

Se chegarmos a um ponto que sentirmos a necessidade de uma orientação específica, é porque estamos regularmente fazendo exercício e nosso objetivo de sair da inércia foi concluído, sem pagar caro por uma academia que, no começo (e como “começo” queremos dizer no primeiros meses), poderíamos faltar direto.

Se puder, não fique parado, LEVANTA E VAI! 😉

Fica a dica!