0

Começando bem o dia com uma receita fácil de waffle integral!

Eu sei, já passamos do início do dia, mas me acompanha! 😉

Como temos falado aqui em alguns posts, estamos tentando adotar um estilo de vida mais saudável. Não chegamos a falar muito com os amigos a respeito pra não parecer os loucos da comida natureba, mas temos mudado diariamente nossos hábitos.

Uma das dicas de bons hábitos que temos tentado seguir é não pular o café da manhã e com isso tentamos comer de forma saudável desde o começo do dia.

Daí que eu comecei a postar umas fotinhos no meu Instagram sobre algumas comidinhas feitas em casa e com o máximo de ingredientes naturais e saudáveis possíveis, nos dois últimos dias postei sobre nosso café da manhã e os amigos se interessaram, então lá vai a receita do café da manhã de hoje,que foi waffle integral:

Esse tá purinho, mas pode usar o recheio que quiser. O primeiro que fizemos tinha frango assado desfiado e estava uma delícia! 🙂

Ingredientes:

1 xícara de farinha de trigo integral
1 xícara de leite
1 ovo
3 colheres de sopa de manteiga derretida
1/2 colher de sopa de açúcar
1/2 colher de chá de sal
1 1/2 colher de chá de fermento em pó

OBS: Esta receita precisa de uma máquina de waffle

Modo de preparo:

Na verdade, eu dobrei essa receita porque queria comer no café da manhã e trazer de lanche pro trabalho. Renderam uns 10 waffles. Com a quantidade de sal que eu coloquei achei que passou um pouco da conta, então vocês podem não dobrar o sal. Ah, colocamos oréganos na massa também que, além do gosto bom, fica com um aroma maravilhoso.

O modo de preparo é colocar tudo no liquidificador e bater até ficar uma massa homogênea. Depois é untar máquina de waffle com manteiga, colocar a massa com uma concha (cuidado pra não exagerar, porque pode vazar).

Confesso que me preocupei com o fato de que a massa poderia ficar “pesada” por ser feita com farinha integral, mas não ficou. Super recomendo, mas se você não gostar pode usar a farinha comum mesmo, que continua sendo um sucesso. 🙂

A receita original eu vi no blog Cozinhando para 2 ou 1, que tem umas receitas ótimas e eu adoro!

Foi uma pena não ter tirado foto da massa crua, mas já dá pra ter uma noção com o waffle pronto.

Não pule o café da manhã, ele é seu primeiro e mais importante combustível do dia.

Fica a dica!

0

Confira 9 Motivos para não comer comida industrializada!

Preocupação com a alimentação virou rotina na nossa casa. Estudar sobre os benefícios de uma alimentação saudável e os malefícios dos excessos e de toda a comida industrializada é uma revolução e um caminho sem volta. Sabe a escolha da pílula azul? É isso. Você pode até não seguir um estilo de vida saudável, mas uma vez que aprende sobre isso, nunca mais verá comida e supostos alimentos da mesma forma.

Eu sei que a tecla em que as pessoas mais batem é a da praticidade, da falta de tempo para preparar refeições e a velha história de que “nunca viu ninguém morrer comendo Big Mac”.

Tempo é questão de adequação e você dificilmente verá alguém cair morto assim que come uma besteira, mas isso acontecerá de forma silenciosa. Achamos que não compensa.

Isso quer dizer que deixamos de consumir comida industrializada 100%? Infelizmente não. Nosso paladar assim como o de muitos foi acostumado a reconhecer todo tipo de porcaria industrializada como comida e agora vivemos um processo de reeducação alimentar. Diminuímos a quantidade das porcarias e vamos acompanhando a mudança na nossa vida.

Dê uma olhada na imagem abaixo. Comida industrializada é:

Tem mais, mas só esses já assustam! – Infográfico do Natural News, no site http://www.naturalnews.com/infographics

1 – Carregada de pesticidas;

2 – Altamente viciante;

3 – Destrói seus orgãos e ossos;

4 – É mais caro;

5 – Arruína sua digestão;

6 – Destrói sua mente;

7 – Contém muitos transgênicos (GMOs – Genetically Modified Organisms);

8 – Causa inflamações crônicas;

9 – Comida industrializada na verdade nem é comida.

Não lembro exatamente onde li a frase: “Não coma nada que sua avó não considerasse comida”. A única certeza é que é uma frase carregada de razão.

Se você não conhece o que come, não repita o discurso de que está fazendo a sua escolha. Informe-se e conheça bem sua comida, depois disso se você optar por manter um estilo de vida não saudável, aí sim, pode dizer que está fazendo uma escolha, do contrário estará apenas sendo levado com a maré.

E, PELAMORDEDEUS, não passe esse gosto terrível por besteiras para o(s) seu(s) filho(s)! 😉

Fonte da imagem: NaturalNews (através do Pinterest).

Fica a dica!

0

Comida di Buteco edição 2013!

Olá!

Animados para o fim de semana? Fiquem atentos e escolham um bar participante e aproveitem mais uma edição do festival Comida di Buteco!

Confiram os estabelecimentos participantes clicando aqui.

OBS: O site está um tanto instável no lançamento do evento, mas conforme os dias forem passando deve normalizar o acesso.

Fica a dica!

0

2000 Calorias por dia ok. Mas ingerindo o quê?

Sabe as tais 2000 calorias em que as dietas de consumo diário são baseadas? Você sabe que comidas e em que quantidades batem essa quantidade de calorias?

Bem, a galera do Buzz Feed fez um vídeo pra mostrar as diversas maneiras de consumir 2000 calorias:

O vídeo é engraçado, mas serve também pra alertar que algumas comidas contém calorias em excesso e não não servem pra te alimentar e saciar por um dia inteiro, correndo risco de ter que comer mais é grande e o de ficar gordo de doente (ou doente de gordo) também.

Também roubamos achamos uma tabelinha legal com a quantidade calórica de algumas bebidas alcoólicas, dá uma olhada:

Clique aqui para acessar outras dicas sobre alimentação e saúdePreste atenção no que você ingere diariamente!

Ah, aproveitando, vi uma forma Ó-TE-MA pra queimar 800 calorias em 30 minutos! Confesso que achei peculiar. Dá um confere aqui.

Fica a dica!

5

Locais para conhecer: Botto Bar

Olá! Como foi o feriado de vocês?

O nosso foi produtivo, aproveitamos para conhecer o mais novo reduto cervejeiro do Rio, o Botto Bar. O empreendimento do mestre cervejeiro Leonardo Botto, que fica na Praça da Bandeira.

O lugar é muito bem decorado, bonito e apesar de pequeno é muito convidativo. Como estava cheio na hora em que chegamos, ficamos no balcão mesmo, mas foi tranquilo e fomos bem atendidos. Do balcão é possível ver todas as torneiras de chopp disponíveis na casa, o que aumenta a vontade de experimentar todos.

Com o diferencial de não ser apenas um bar que vende cerveja especial, até porque isso tem bastante hoje em dia. A grande sacada é que eles vendem o chopp das tais cervejas especiais e isso não encontramos em qualquer lugar.

Nesta primeira visita experimentamos quatros chopps e um típico petisco inglês, iscas da peixe e batata frita com molho tártaro. Bebida gelada e muito boa, comida gostosa e bem apresentada.

Gostaríamos de ter bebido o Botto Bier, que é uma criação do dono do bar mas não tinha… daí, fica pra próxima visita!

Um detalhe: O local é todo maneiro por dentro, o atendimento foi muito bom, mas faltou uma sinalização na fachada com o nome do estabelecimento. Mas damos um desconto por se tratar de um local aberto há pouco tempo. Só procurem antes de ir, Ok? Sem o Google Maps ‘távamos perdidos!

Quem estiver a fim de curtir um lugar legal, com música ambiente (no dia, ao menos, era um rockzinho das antigas muito bom) e boa cerveja chega lá no Botto Bar.

Ah, lá não tem cerveja “comum”, então, vá preparado pra gastar numa faixa entre 40 e 100 reais.

Onde: Rua Barão de Iguatemi, 205, Praça da Bandeira – Rio de Janeiro (rua do batalhão de polícia).

Horários: De Terça a Sábado, 17:00 – 00:00 e Domingo, 15:00 – 22:00

Fica a dica!

0

Informação pra você: Muito Além do Peso

A dica de hoje é para todos, mas principalmente aos que tem sob seus cuidados a alimentação de uma criança. No final de 2012 chegou aos cinemas o filme Muito Além do Peso, da Estela Renner e do Marcos Nisti. O filme traz entrevistas de especialistas em nutrição e relatos de pais e crianças sobre a forma como se alimentam e conhecem as coisas que consomem.

Ótimo documentário - Clique aqui para acessar o site oficial

Não somos radicais e dizer pra você nunca mais botar um salgadinho Elma Chips na boca, mas é preciso que esses momentos sejam exceção e não regra como já é em muitos lares brasileiros e também mundo afora.

Recomendamos que assista o filme e transmita ao máximo de pessoas que puder. Se mesmo depois de assistir você não tiver vontade de melhorar seus hábitos alimentares, pelo menos de agora em diante você consumirá alguns tipos de alimento sabendo o que eles contém de verdade, o fará sem estar enganado e sem achar que faz bem. Mas pense bem, num mundo onde as crianças começam a ter doenças de adultos e não sabem a diferença entre um pimentão e um abacate, alguma coisa deve estar muito errada.

Confira o filme na íntegra, postados pelos criadores no site oficial do filme:

Há também a opção de baixar em diversas qualidades e extensões de arquivos diferentes, torrent inclusive, no próprio site.

Muito Além do Peso, nos faz refletir sobre muitas coisas como, por exemplo, as empresas que nos enganam, as redes de comunicação que não transmitem mensagens como essa, o governo que não faz a sua parte e tudo que está por trás das lindas imagens que nos fazem acreditar que tudo que vem em uma bonita embalagem é bom pra nós.

Comece a mudar por onde dá. Comece por você, pela sua casa, pela sua família.

Estela Renner e Marcos Nisti também foram responsáveis pelo documentário Criança  – A alma do negócio.

E fica também a entrevista deles pro Danillo Gentilli no Agora é Tarde:

Link relacionado:

Link do site oficial com mais informações e para baixar o filme aqui.

Fica a dica!

4

Hoje é o Dia Mundial do Macarrão, bebê!

Hoje é dia da comida mais rápida de fazer que nós conhecemos: O macarrão! Claro, nessa categoria também está incluído o bom e velho miojo, que tanto amamos. Como não somos experts em cozinha, mas entendemos um pouco de Lamen, a dica é: Mostarda no miojo fica uma delícia. Quem nos apresentou esta maravilha foi nossa amiga Michelle Rodrigues e nós super curtimos.

Receita:

Prepare seu macarrão instantâneo seguindo as instruções da embalagem (não tem erro) e quando estiver pronto, retire a água, mas deixe um pouco para botar de dois a três pacotinhos de mostarda (destes que vem em lanchonete) e misture. Fica muito bom!

E você, tem alguma receita legal com macarrão tradicional ou miojo? Conta pra gente!

Artigos e sites relacionados:

Matéria do Guia da Semana com cinco restaurantes que preparam AQUELE  macarrão especial aqui.

Matéria do R7 com 7 receitas de ~ristorã pra fazer em casa aqui.

Matéria no site da Revista Viva Saúde sobre as vantagens de comer macarrão, os tipos e as caloriasde alguns pratos aqui.

Fica a dica!

OBS: Postado originalmente em 25/10/2011; Atualizado em 25/10/2012.

4

Os ogros também cozinham!

Para quem gosta das multifaces oferecidas pela culinária segue um programinha legal hoje (07/08):

Ogrostronomia, que deve ser a Gastronomia de Ogros (o_O?).

Mas não se assuste, você não deve encontrar carne crua ou brutamontes quebrando tudo. A ideia foi de um grupo de amigos que querem mostrar que homem também sabe cozinhar pratos dos mais simples aos mais sofisticados, mesmo não sendo um exímio cozinheiro. Os cinco “chefs” vão dar o ar da graça culinária no Boteco Salvação, que hoje tem chopp de fabricação própria em dose dupla. 😉

Vá até lá curtir essa experiência!

A entrada custa R$ 5. Mas vale a pena, o ambiente é agradável!

Onde: O Boteco Salvação fica na Rua Henrique de Novaes, 55 – Botafogo.

Fica a dica!

2

Aloha, Jack, e até nunca mais… [Fail]

Ok, dramas a parte, estamos aqui para uma dica e manifestar insatisfação (não necessariamente nesta ordem). Conhecem o Banana Jack, badalado bar em Ipanema, que tem chopp de banana e talz?

Pois é, movidos pelas compras coletivas resolvemos experimentar a comida, bebida e a ambientação. Existe o bar e existe o tal Aloha Jack que é montado na Praça General Osório, logo em frente ao estabelecimento.

A promoção era atendida neste segundo ambiente. Legal, clima de luau, flores, vela, mesinha e banquinhos de madeira, musiquinha do Red Hot tocando no fundo… Depois de esperar um pouquinho recebemos um atendimento gentil e cordial da moça que estava na porta e fomos pra mesa. A partir daí, o atendimento manteve-se educado, mas muito confuso e demorado.

Pedimos os home burgers da casa e nossas cervejas que faziam parte do cupom e decidimos acrescentar a escolhida Budweiser o “Elixir do Jack”, por apenas R$ 1. Não foi assim uma super experiência, pois o sabor de banana ficou meio artificial (tipo chiclete). Queriamos provar o famoso Chopp de Banana, mas acreditamos que são cardápios diferentes entre o Aloha e o Banana Jack, então, não rolou dessa vez… =/

** ATUALIZAÇÃO **

Provamos o chopp e é tão articial quanto elixir… decepção. ¬_¬

** FIM DA ATUALIZAÇÃO **

Quando finalmente os sanduíches chegaram (pedimos o Balboa Burguer e o Rumble in The Jungle), foi a decepção. Ambos foram trazidos com as batatas fritas frias (agora fale isso rápido três vezes!), assim como o sanduíche que além de frio foi mal montado. O Balboa tinha dois tomatinhos secos e pequenos num hamburger grandão e pouquíssima alface e cebola (daquelas dignas de lanche mal feito do Mc Donald’s) e o Rumble veio quase tão frio quanto as batatas. Triste. XP

Bonitinhos, mas ordinários…

Fora da promoção, ainda tomamos o drink com o nome da casa, Banana Jack, composto de leite condensado, batida de cachaça e suco de banana. Bem gostosinho, doce, bom pra derrubar aqueles mais incautos e/ou fracos para bebida, mas não valeu o que custou (mas este consideramos normal, incluímos aí o valor do ambiente, em teoria).

Pagamos a conta e fomos embora, mas antes passamos no espaço físico do bar para usar o banheiro. Lá dentro as coisas pareciam mais organizadas e as pessoas mais felizes! Com jogos de tabuleiro na mesa do bar, música ao vivo, TVs com jogos  olímpicos e estrutura mais bonitinha, por assim dizer. Ainda vimos que eles tem temas diferentes para os dias da semana.

Na hora, pensamos: Será que a experiência aqui dentro seria melhor? Pretendemos voltar para conferir se é tudo aquilo mesmo ou a experiência do Aloha Jack é que deixou a desejar (e experimentar o chopp de banana).

OBS: Pensamos que a bagunça e a demora no atendimento (e mesmo os pratos frios e mal preparados) deveu-se ao movimento causado pela promoção, mas isso não é da conta do cliente. Quando um lugar se dispõe a por seus produtos ou serviços em promoção, sabe do risco que corre de gerar aumento na demanda e deve preparar-se para lidar com isso. #Se-vira-Banana-Jack

Para nós o Aloha Jack não valeu a pena nem um honorável pouquinho… Banana Fail!

Artigos e sites relacionados:

Site oficial do Banana Jack aqui.

Facebook oficial do estabelecimento aqui.

Post no Kekanto com algumas informações e localização do Aloha Jack (e uma singela opinião) aqui.

Post do Rio Show sobre o Banana Jack aqui.

Fica a dica!