1

Dica de cinema: Lucy

Finalmente fomos ver o filme Lucy! A curiosidade estava bem grande após a liberação do trailer oficial. 🙂

Nomes como Scarlett Johansson e Morgan Freeman no elenco também pesam bastante. Dirigido por Luc Besson e ambientado na China e França, Lucy é um filme que mistura ficção científica e ação em uma trama que se desenrolar rápido em seus 91 minutos: O que aconteceria ao ser humano se ele desenvolvesse 100% da sua capacidade cerebral?

Scarlett Johansson como Lucy com cara de mal fodona!

O desenrolar é bem legal, conforme a porcentagem vai aumentando, novos poderes e acessos a áreas desconhecidas acontecem por parte da personagem. Muitos estudos já desmentiram essa questão do ser humano usar apenas 10% do cérebro, mas continua sendo um ótimo exercício de ficção.

Um filme fácil de ver, com dezenas de referências científicas interessantes. Um ótimo programa para uma segunda-feira (que foi quando vimos), por já começar a semana com um programa legal e pelo fato do cinema ser mais barato nesse dia. 😉

Filme de Luc Besson é difícil não se empolgar pra ver!

E sem soltar spoiler, mas comentando: Vá com a mente aberta, pois o filme dá uma viajada LEGAL! O final, então, nem se fala! XD

E, diferente do que o trailer pode transmitir, ele não é ação do início ao fim, mas curtimos bastante! A atriz principal é foda e o Morgan Freeman é o narrador que qualquer cineasta/documentarista pediu a DEUS!

Procure uma sala de cinema e vá curtir este bom filme!

Fica a dica!

Anúncios
0

Para assistir Like a Mob Boss: Caça aos Gangsteres! :-P

A dica de hoje é cinematográfica!

Terça-feira fomos convidados pelo sempre elegante Nível Épico pra assistir Caça aos Gangsteres (Gangster Squadlike a mob boss. 😉

Para ser bem sinceros com você, não conhecíamos o filme, mas como o Nível Épico convidou, demos uma checada no elenco, conferimos que era promissor, partimos.

Na Los Angeles do final dos anos 40, um grupo secreto de policiais resolve acabar com a farra de um mafioso que dominou a cidade. O filme é baseada em fatos reais e conta com uma boa dose de humor, tensão e emoção. Homens em ternos bem cortados combatendo o crime e não cedendo a corrupção é uma fórmula que tem tudo pra dar certo, feito da maneira correta!

Josh Brolin, Ryan “Diário de uma Paixão” Gosling, Sean Penn, Emma “Gwen Stacy” Stone e mais uma penca de bons atores compoem da melhor maneira este roteiro levemente previsível, mas muito bem contado!

Não fosse o convite do Alan, chefe lá no Nível Épico, provavelmente esse filme teria passado batido da nossa curiosidade e para que não aconteça o mesmo com você e assim tenha a oportunidade de curtir um filme bem legal, damos a dica pra essa sexta. Vá assistir!

Links e sites relacionados:

Link do IMDB sobre o filme aqui.

Wiki americano sobre Caça aos Gangsteres aqui.

Crítica do Nível Épico aqui e do Rio Show aqui.

Fica a dica!

2

É, amigos, é oficial: O Hobbit é um ótimo filme, fiel a trilogia O Senhor dos Anéis!

Olá! 🙂

So, ontem fomos a pré-estréia de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, patrocinada pelo bom Nível Épico. Muita gente fantasiada, cenáriozinho montado na entrada pra lembrar a Terra-Média. Pegamos as pipoquinhas e coquinhas disponibilizadas 4 free antes do filme e fomos lá sentar no nosso lugarzinho reservado pelo primo do Daniel.

Filme começa. Meia horinha de histórinha que não tem no livro, mas ok. A jornada inesperada segue seu rumo, finalmente. O Mago Castanho Radagast, Galadriel e Saruman aparecem no filme, mas apenas Radagast é mencionado no livro. O resto é O Senhor dos Anéis purinho, amigo (Tem mais detalhes que aparecem que não tem no livro, mas aí vira spoiler)! 😀

Os anões são maneiros e engraçados pacas, a trilha sonora é muito boa (com pontinhas da primeira trilogia) e a fotografia do filme é FODA! Martin Freeman como Bilbo está ótimo, passando toda as nuances da evolução do personagem, de um halfling hesitante a um hobbit aventureiro! Gandalf, reproduzido por Sir Ian McKellen dispensa qualquer comentário.

Pra quem não conhece ou não é fã da mitologia de Tolkien pode ser um pouco longo o longa (@_@), mas confessamos que vale cada segundo das suas 2 horas e 49 minutos. Saímos de lá com a bunda quadrada, mas cheios de vontade de ver os próximos filmes, ler o livro e a graphic novel d’O Hobbit (Daniel já leu os dois, mas quis ler de novo) e fazer uma maratona da trilogia TLotR!

Enfim: Sendo fã, pode terminar de ler aqui e vai ver o filme assim que possível e seja feliz! Não sendo, aguente apenas o comecinho do filme. Demora um pouco pra engatar, mas com certeza tornou a história épica desde o começo diferente do livro (onde teriamos essa impressão só mais do meio pro final)!

Ah, e compra uma pipoca grande ou leva uns docinhos a mais, porque o filme rende! 😉

Fica a dica!

0

Sessão pipoca + Brincadeiras com a Disney / Pixar!

Dia das crianças e feriadão a vista. Não poderia ser melhor!

Pra agitar a programação dos pequenos o jornal Destak fez uma parceira com os cinemas Kinoplex e vão exibir alguns filmes clássicos e atuais da Disney e Pixar entre os dias 11, 12, 13 e 14 de Outubro. Confira a programação:

Ah, em paralelo ao cinema no local ocorrerão algumas brincadeiras com espaços pra tirar fotos, fazer tatuagens de crianças, pinturas faciais, jogos e balões.

Boa oportunidade de alegrar os pequenos e curtir filmes legais!

Fica a dica!

2

Batman: O fim de uma era de maneira épica! [Dica sem Spoiler]

Ressurja!

Esta é a palavra que ecoa consciente e inconscientemente durante o filme, enquanto acompanhamos os passos de um Bruce Wayne debilitado e indiferente ao mundo que o cerca, até o momento que o homem morcego precisa sair das sombras e defender sua cidade.

Em Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, Christopher Nolan nos brinda com um filme épico. Ação, tensão, emoção, cada um desses elementos entrando em cena de forma foda e surpreendente. Tudo que você espera estará lá. Desde a trilha sonora primorosa passando por uma Gotham mais crível ainda do que nos outros filmes, um “morcego” Tumbler voador fodasso com cenas aéreas dignas de um herói e até personagens que, por um segundo, achamos que não iam aparecer, aparecem.

Claro, depois do Coringa de Heath Ledger, dificilmente veríamos algo mais foda do que isso. Mas o Bane de Tom Hardy cumpre bem seu papel, apesar da máscara impedir um pouco as expressões faciais do ator, mas achamos legal se você pensar que tornou o vilão mais frio e sem compaixão ainda.

Anne Hathaway é uma atriz foda. Sem discussões, a gatuna mais completa dos cinemas, apesar de um background muito pouco explorado. A Michelle Pfeiffer é a mais sensual e a Halle Berry é a única com um filme só pra ela (foi a única coisa boa que conseguir puxar, porque, de resto…). Mermão, mais fãs dela ainda a cada filme que passa.

Joseph Gordon-Levitt também é um atorzão e vem se consolidando no meio Hollywoodiano. Este filme foi só mais um passo pra sua maturidade, pois em A Origem já podemos ver isso.

Michael Cane como Alfred (melhor cena dramática do filme) e Morgan Freeman como Lucius Fox (ótimo); Gary Oldman mais parecido ainda com o Comissário Gordon, agora mais velho e perto do que conhecemos. Todos os atores e atrizes dispensam comentários e, consagrados ou não, cumprem perfeitamente cada papel, exceto pela última cena em que “Miranda Tate” (Marion Cotillard) aparece que podia ter sido um pouquinho mais bem feita. Quem ver, vai perceber! Fora essa em específico, todos estão de parabéns e mais do que merecem o cachê e o orgulho que ganharam com esta obra.

Salientamos também apenas mais um defeito visível (e risível) no filme: Após a fuga da prisão Blackgate (sem spoilers, isso aparece no trailer do filme), tem uma cena em que os policiais correm em direção aos prisioneiros para brigar, em contrapartida, eles começam a atirar contra os fardados. No que deveria ser um fuzilamento, acontece o bizarro: Ninguém acerta UM policial! Batem váaaarios tiros no chão, mas ridiculamente mal feitos, porque IMPOSSÍVEL os caras errarem daquela distância (a não ser que eles fossem os aliens de O Guia do Mochileiro das Galáxias)! Era pra cair uns 20 policiais, no mínimo, mas caem dois alvejados quando um grupo chega MUITO perto do outro, aí, a briga de rua começa e segue a história!

Tipo, entendemos classificação de filme, cenas chocantes pra americanos e blá, blá, blá. Mas podia ter dado um jeito nessa cena, né, Chris? Sei lá, jogavam uma bomba de fumaça, alguém usava alguma coisa pra inutilizar as armas, sei lá. Mas TODOS os prisioneiros errarem daquela distância, pelo tempo que passaram atirando naquele corredorzinho de rua, foi mal feito demais! XD

Mas beleza, de 2h:44min, 20 segundos foram bizarros. Tá uma média boa pro filme! 😉

Continuando. Várias referências a arcos de histórias das HQs, mas o principal foi A Querda do Morcego! Quem conhece, saberá que ficou ótimo com os elementos que Nolan utilizou. Sem drama e sem personagens bizarros aparecendo.

O primeiro foi um filme do Batman. O segundo foi o Coringa todinho. Fato. O terceiro, analizando bem a fundo, foi um filme do Bruce Wayne. Apesar de muitos (e o próprio personagem, às vezes) sustentarem que Batman é a real personalidade e Bruce é apenas uma máscara, neste filme foi mostrado como o “Rises” deste título cabe perfeitamente para a criança que perdeu seus pais de forma trágica, cresceu, sofreu por muito tempo, criou um símbolo de esperança e seguiu em frente, doa a quem doer. Digamos apenas uma coisa: No fim da película, você fica com o coração na mão!

Enfim, o filme é tudo isso que estávamos esperando. Com atuações, direção e produção primorosas o homem morcego ganha vida novamente para nos mostrar o que deveria ter sido o Homem-Aranha 3 o fim de uma trilogia, uma história épica, uma era. Que venham as próximas adaptações de heróis da DC, pois para Superman, IN NOLAN WE TRUST (com uma ponta de fé no Zack Snyder)! 😉

Fica a dica!

2

Projeto X: A festa que todo mundo gostaria de ir!

Já imaginou uma festa para entrar para a história? Já esteve em uma ou gostaria de estar?

Assista o vídeo e veja se algo parecido já passou pela sua vida. The best party ever!


Se você já viu o filme, sabe do que estamos falando. Se não, corre no cinema e vá assistir. Você está perdendo um filme foda! *_______*

Nós assistimos a convite do Nível Épico like a boss e saímos de lá querendo ir a uma festa neste estilo. 😉

Mas, assim… A festa é ÉPICA! Ela começa pequena e se torna uma coisa absurda! Se déssemos 1/5 de um Projeto X desse, já seria muito pra nossa pobre casinha! XD

Fica a dica!

2

Conheça John Carter: Entre Dois Mundos, (possível) novo blockbuster da Disney, do livro Uma Princesa de Marte!

Face front, true believers!

Passando para uma rápida dica, passada a nós pelo nosso amigo Luciano: Conhece o livro Uma Princesa de Marte? E o autor Edgar Rice Burroughs?

Bem, talvez você tenha ouvido falar de John Carter:

Confira também o trailer oficial:

Caso tenha visto e não quer esperar o filme, procure o livro, que foi lançado por aqui em 2010. Segue a sinopse roubada do site da editora Aleph:

“A história conta a saga de John Carter, um veterano da guerra civil americana que de forma inesperada vai parar em Marte, ou Barsoom, como é chamado por seus habitantes, e é capturado por uma estranha raça de marcianos Tharks. O planeta agoniza pela falta de água e de ar, povoado por criaturas assustadoras e envolvidas em disputas internas. Graças à diferença gravitacional de Marte em relação à Terra, Carter adquire habilidades incomuns e acaba ganhando o respeito e a amizade dos habitantes. Também conhece Dejah Thoris, princesa de uma nação rival, por quem se apaixona e luta incessantemente.

Você pode comprá-lo clicando na imagem acima ou aqui.

A Marvel também lançou em Outubro do ano (nos US of A) a HQ John Carter: World of Mars, com uma história nova, sendo um prequel, dando uma base maior pro filme. Confira uma imagem:

Mermão, os caras foram longe pra achar uma história nova pra adaptar, hein? Esse livro foi lançado originalmente em 1917! Atualmente, o longa está sendo produzido pela Disney. Estreia amanhã (09/03)!

Particularmente, achamos bem legal o trailer, uma mistura de Avatar com Prince of Persia (Pelo menos, o ator Taylor Kitsch aparenta ter um pouco mais de desenvoltura pro papel do que Jake Gyllenhaal jamais teve para o príncipe, mas isso fica pruma oooutra história). Bateu até uma vontade de ler o livro!

Só pra constar: É uma série com 11 livros e o primeiro arco é uma trilogia. Boa, Disney! 😉

Acompanhem John Carter, pois promete! E que venham os livros, recompilação dos quadrinhos lançados, histórias novas, filmes e jogos! 😀

Curiosidades:

– O autor é o criador do Tarzan!

– Deem uma olhada na capa antiga:

Fica a dica!