0

Cervejas do meu mundo afora: Brugs

Numa promoção da Dream Beer encontramos a Brugs, uma Witbier, estilo diferente de cerveja de trigo. Levamos pra casa, gelamos e botamos a prova.

Bem gostosinha! Muito parecida com a Hoegaarden mas, particularmente, consideramos um centímetro mais gostosinha! 😉 Leve, aquele douradinho meio turvo básico por conta da não filtragem, 4,8% de teor alcoólico e bom aroma tornam esta cerveja belga do grupo da Heineken uma bela experiência.

A diferença é que compramos uma garrafa de 250 ml por 10 reais. E isso na promoção! Ou seja: bonitinha, mas meio cara! Leve-a apenas se for rico um entusiasta como nós que estamos na nossa “jornada Pokémon” de provar todas as cervejas possíveis no mundo! Não sendo, gaste seu rico dinheirinho em qualquer coisa melhor que já falamos por aqui.

Artigos e sites relacionados:

Mais informações no Brejas aqui.

Link para comprar no Dream Beer aqui.

Fica a dica!

Anúncios
0

CAPCOM lança Street Fighter X Mega Man!

Hellow! It’s-a me, Mario!

Alguém viu isto ser lançado?

Então, né! O_O

Dá uma olhada no trailer:

Cara, confesso que o vídeo chamou a minha atenção! Aparenta ser um verdadeiro jogo de Mega Man, de gráficos, música E jogabilidade, que é o mais importante! 🙂 Foi lançado ontem, 17/12/12 pra encerrar as comemorações de 25 anos de suas duas franquias mais famosas!

Segue a descrição da CAPCOM:

“Tendo lutado contra inúmeros robot masters ao longo dos ano, Mega Man está pronto pra relaxar e curtir seu aniversário de 25 anos. Ao saber disso, Ryu e seus colegas Street Fighters querem uma última batalha antes de deixar seu próprio aniversário terminar. Carregue o seu Mega Buster e seu Hadouken, pois este é Street Fighter X Mega Man!

Uma verdadeira colaboração entre a Capcom e seus fãs para o aniversário de 25 anos de Street Fighter e Mega Man, Street Fighter X Mega Man foi criado e desenvolvido pelo singapurense Zong Hui (também conhecido como Sonic”), com uma trilha sonora original de Luke Esquivel (também conhecido como “A_Rival”), e o apoio da Capcom. Street Fighter X Mega Man estrela o nosso herói azulzinho enfrentando os personagens mais amados do mundo Street Fighter, cada um com sua própria fase e golpes específicos. Pule, atire e use as habilidades especiais dos Street Fighters para derrotar seus inimigos e tornar-se o robô mais forte do mundo!”

E o link pra você baixar este jogo pra PC e ser feliz com um joguinho novo no estilo “das antigas”! 🙂

E de brinde, um vídeo com o criador e uns gerentes da CAPCOM falando desta idéia looooouca:

Artigos e sites relacionados:

Wiki sobre Mega Man aqui e sobre Street Fighter aqui.

Site da Comunidade CAPCOM aqui.

Fonte: Made in Japan.

Fica a dica!

0

Boa leitura pra ficar de olho – Astronauta: Magnetar

Olá!

Eu, Daniel, pessoa física, dando uma de minhas muitas voltas na Saraiva, encontrei a graphic novel Astronauta: Magnetar.

Olhei a capa que chama a atenção, li o resumo atrás, dei uma folheada, achei interessante. Ao custo de 20 contos de reis e capa cartonada e 80 páginas, confesso que fiquei na dúvida. Pensei: “Será que é bom?” e rodei o resto da Megastore com ele na mão. No fim, decidi dar uma chance ao até então desconhecido (pra mim) Danilo Beyruth (conheço de nome as edições Necronauta e Bando de Dois, mas nunca encostei a mão).

Olha… Me surpreendi! Muito boa leitura, fechada, arte bem legal e colorização, idem, sem precisar de prévio ou profundo conhecimento das histórias originais do Maurício de Souza (mas confesso que tive um gostinho especial por perceber certos detalhes da época de leitura das revisitinhas da Turma da Mônica – Obrigado pai e mãe!).

Rapidamente: Esta obra faz parte do novo selo Graphic MSP, que abrigará algumas liberdades criativas relacionadas ao mundo criado por Mauricio de Souza. #O-cara-é-PHODA-e-sabe-ganhar-dinheiro

Enfim, ótima leitura, pra você e, se tiver, seus filhos (não tão pequenos, por favor)!

Artigos e sites relacionados:

Link da Panini sobre esta edição aqui.

Resenha da Universo HQ sobre a graphic novel de Danilo Beyruth aqui.

Wiki sobre o personagem Astronauta aqui.

Fica a dica!

0

Casa Velha: Bom restaurante no Centro do Rio, com um crepe delicioso!

Olá!

Companheiro (a) de internet, ontem, no final da tarde, procurando algo para comer no Centro, Daniel lembrou de um restaurante chamado Casa Velha, que fica em frente ao Pajé, esquina com a Rua da Assembléia. Paramos, vimos na frente uma lista com VÁAAARIOS sabores de crepe.

Clique aqui para acessar e ver tudo que eles tem lá!

Escolhemos um de presunto, tomate, palmito e queijo, pedimos um suco de laranja e 100g de pão de queijo pra esperar ficar pronto (até porque estávamos cheios de fome).

Sentamos, lugarzinho legal, suquinho e pãozinho chegaram a mesa, beliscamos, coisa e tal… Consegue-se ver o cara fazendo o crepe na hora, bem maneirinho…

…Até que chega a nossa mesa, com aquela manteiguinha special pra crepe, divido em dois para, bem, comermos irmamente! 😛

Amigo (a), que delícia! Não perde pra nenhum Chez Michou ou qualquer creperia da vida! E ficamos bem cheios (Daniel disse que comeria um inteiro, mas ele é um ogrinho, então, já viu, né)!

O estabeleciomento ainda tem entrega pra uma porrada de coisas, como coffe break, kit festas, pão a metro, tábua de frios, salgadinho e refeições. No local também tem almoço a quilo, uma parte meio lanchonete, vários bolos e sorvetes.

Ou seja, atende a MUITOS gostos! 🙂

Não provamos o resto, mas o crepe está aprovadíssimo!

Informações:

Onde: Rua Rodrigo Silva, 7, Centro, Rio de Janeiro -RJ, Brasil, Terra, Via láctea.

Como chegar: Pegando o metrô, saindo na estação Carioca, só ir em direção a rua da Assembléia e virar pro lado oposto a Uruguaiana!

Contato: 2533-4021 / 2524-8434 (Ou vide imagem acima)

Artigos e sites relacionados:

Site oficial do Casa Velha aqui.

Localização no Google Maps aqui.

Wiki sobre crepe aqui.

Fica a dica!

2

É, amigos, é oficial: O Hobbit é um ótimo filme, fiel a trilogia O Senhor dos Anéis!

Olá! 🙂

So, ontem fomos a pré-estréia de O Hobbit: Uma Jornada Inesperada, patrocinada pelo bom Nível Épico. Muita gente fantasiada, cenáriozinho montado na entrada pra lembrar a Terra-Média. Pegamos as pipoquinhas e coquinhas disponibilizadas 4 free antes do filme e fomos lá sentar no nosso lugarzinho reservado pelo primo do Daniel.

Filme começa. Meia horinha de histórinha que não tem no livro, mas ok. A jornada inesperada segue seu rumo, finalmente. O Mago Castanho Radagast, Galadriel e Saruman aparecem no filme, mas apenas Radagast é mencionado no livro. O resto é O Senhor dos Anéis purinho, amigo (Tem mais detalhes que aparecem que não tem no livro, mas aí vira spoiler)! 😀

Os anões são maneiros e engraçados pacas, a trilha sonora é muito boa (com pontinhas da primeira trilogia) e a fotografia do filme é FODA! Martin Freeman como Bilbo está ótimo, passando toda as nuances da evolução do personagem, de um halfling hesitante a um hobbit aventureiro! Gandalf, reproduzido por Sir Ian McKellen dispensa qualquer comentário.

Pra quem não conhece ou não é fã da mitologia de Tolkien pode ser um pouco longo o longa (@_@), mas confessamos que vale cada segundo das suas 2 horas e 49 minutos. Saímos de lá com a bunda quadrada, mas cheios de vontade de ver os próximos filmes, ler o livro e a graphic novel d’O Hobbit (Daniel já leu os dois, mas quis ler de novo) e fazer uma maratona da trilogia TLotR!

Enfim: Sendo fã, pode terminar de ler aqui e vai ver o filme assim que possível e seja feliz! Não sendo, aguente apenas o comecinho do filme. Demora um pouco pra engatar, mas com certeza tornou a história épica desde o começo diferente do livro (onde teriamos essa impressão só mais do meio pro final)!

Ah, e compra uma pipoca grande ou leva uns docinhos a mais, porque o filme rende! 😉

Fica a dica!

1

Não é só mais um conto de fadas… É uma cerveja da Contini! O_O

Olá!

Ontem estávamos de bobeira na internet e nos deparamos com um vídeo de uma cerveja inexplorada e desconhecida. A curiosidade nos atraiu e fomos descobrir que tratava-se de uma campanha da Conti Bier. Como não a conhecemos ainda, pedimos ao oráculo mais informações e descobrimos que ela é fabricada pela Contini (Conti Bier, Contini, ahn, ahn)! 😉

Acabamos por descobrir que ela vem do inteiror de São Paulo e tem distribuição em muitos dos nossos estados, em diversos tamanhos (litrão, latão, latinha ETC), em Chopp claro e escuro e em versão Malzbier. #medo-por-causa-da-Brahma-Malzbier

Fuçando mais um pouco, ainda descobrimos da Casa di Conti também a Conti Premium – uma cerveja Pilsen Extra, Samba – Pislen comum E descobrimos que quem produz a boazinha Paulistânia também são eles (!), ou seja, a já dita, as versões Vermelha e Escura e a bem gostosinha Ravache.

Mas enfim: O vídeo é legal e viemos compartilhar com vocês. Depois voltamos pra falar da cerveja em si. Dê uma bizoiada aí:

Comentário: Estão precisando melhorar a divulgação, tanto em mídia física quanto virtual. #fica-a-dica-pra-empresa-com-página-oficial-no-facebook-vagabunda-se-é-que-é-oficial

 Artigos e sites relacionados:

Site oficial da Contini aqui, da Conti Bier aqui, da Conti Premium  aqui e da Samba aqui.

Informações do Brejas sobre a Conti Bier aqui e a Samba aqui.

Fica a dica!