0

Bom projeto de game multiplataforma para apoiar – Akaneiro: Demon Hunters

Olá!

Chegam dados momentos em que projetos surgem na internet e você fica sabendo do mais completo NADA sobre eles, mas se anima!

Para nós, este foi um deles:

Akaneiro: Demon Hunters - Clique aqui para acessar a página oficial do jogo

E pra ilustrar mais um pouquinho:

Pra que serve esta espada tão afiada, vovó? - Clique aqui para acessar um pequeno wiki sobre o jogo em fase de conclusão

É uma mistura do conto da Chapeuzinho Vermelho com Japão feudal, junto com Youkais (quem viu Inu-Yasha levanta a mão \o/ ) com um leve toque do jogo Okami!

Um Action RPG no estilo Diablo de American McGee (da série American McGee’s Alice e Grimm), idealizado como Free-to-Play (ou F2P), ou seja, jogue de grátis e se quiser upgrades mais rápido, gaste uma graninha. 😉

O que me chamou a atenção foi um: o estilo de jogo, que AMAMOS RPG de ação estilo Diablo, Baldur’s Gate, Neverwinter Nights,Marvel Ultimate Alliance dentre outros exemplos, com gráficos bem limpos, bonitos, design e nomes chamativos e aparenta uma boa agilidade na jogabilidade;

E dois: Como todo bom brasileiro, a palavra GRÁTIS piscou e brilhou pra nós. XD

O produtor colocou o projeto do jogo no Kickstarter, plataforma de crowd funding bem famosa internacionalmente visando angariar 200.000,00 doletas para colocar váaaaaarias melhorias em seu jogo, citando apenas algumas:

– Integração multiplataforma, lançamento para Android, IOS, Linux Mac OS, Windows e se firmar uma grana boa, quem sabe até pro vindouro Ouya;

– Multiplayer cooperativo;

– Sistema de criação de armar no jogo;

– Adição de gerentes para dar suporte a comunidade gamística deste belo jogo.

O jogo foi lançado pra PC e MAC hoje, só entrar no site, fazer um rápido cadastro, baixar o jogo e comprovar se é bom ou não!

Não testamos ainda, mas pelos vídeos e imagens deve ser bem legal, então, apoiamos o projeto com uma merrequinha… Bem, melhor do que nada, né? 😉

Faltam menos de três dias para para angariar o total de fundos! Ajude, mesmo que seja só com a divulgação, apoiará muito um projeto que tem tudo pra ser foda e pra ser jogado em qualquer tipo de plataforma!

Pra terminar, dá uma olhada no gameplay e vê se vale a pena ou não:

E o American McGee falando um pouco da sua empresa Spicy Horse e do projeto:

Curiosidade: Akane = Ira, raiva e Iro = Cor, ou seja: Akaneiro = A Cor da Ira – Daí o nome do site oficial ser Angry Red! 😉

Sites e links relacionados:

Link do projeto no Kickstarter aqui.

Site oficial do jogo aqui.

Wikis americanos sobre o produtor American McGee aqui e sobre o jogo aqui.

Páginas do Facebook aqui, Twitter aqui e Google Plus aqui.

Fica a dica!

Anúncios
0

Momento água na boca: Estação do Pão – Padaria e Confeitaria

Olá!

Esta dica é pras pessoas que não moram no Méier porque certamente já conhecem do que vamos falar (ou no máximo, pras plantinhas desinformadas de lá).

Conheça a Estação do Pão – Padaria e Confeitaria.

Na verdade, ela está muito bem dividida entre ser uma lanchonete, mini mercado e a titular padaria e confeitaria. Logo na entrada, temos lindos bolos e uma lanchonete com salgados grande e extremamente gostosos. Um pãozinho de queijo que é um sucesso também.

Mais adiante temos prateleiras com MUITAS geléias de váaaaarios sabores, também super aprovadas e no outro lado algumas geladeiras com muitos sucos, refrigerantes, cervejas e afins.

Seguindo, chegamos a cereja do bolo:

A parte da padaria e as sopas e tortas salgadas!

Uma parte com vários pães salgados e doces deliciosos e o melhor do lugar: Tortas salgadas e sopas MARAVILHOSAS! *_________*

As tortas vendem em dois tamanhos, pequeno e grande e as sopas vendem em três. Meu amigo, você DEVE provar qualquer um destes. Particularmente, gostamos bastante de palmito e eles tem tanto a sopa quanto a torta e comprovadamente são deliciosas!

Ali na lateral, como podem ver, a parte mini mercadinho do local, com algumas coisinhas pra adiantar a vida ao invés de ter que encarar a fila de um super mercado. A diferença é que aqui os valores são um pouquinho superiores, mas todas as compras podem ser pagas com Ticket Restaurante, olha que lindo! 😉

Para fins de informação, também aceitam cartão de crédito e débito. 🙂

Enfim, quando puder, estiver passando pelo Méier de bobeira, visitando um amigo ou algo do tipo, pode dar um pit stop lá que sairá satisfeito, nós garantimos!

Onde: Rua Dias da Cruz, 279 – Méier – Rio de Janeiro

Contato: (21) 3271-8814

Como chegar: Basta descer na estação de trem do Méier, ou pegar um dos inúmeros ônibus que passam por lá, 249, 607… Google Maps tá aí pra isso 😉

Links e sites relacionados:

Site oficial da padaria e confeitaria aqui.

Informações e opiniões no site Kekanto aqui.

Localização no Google Maps aqui.

Fica a dica!

0

Cervejas do meu mundo afora: Blanche de Namur

Olá!

A cerveja de hoje é do estilo witbier (feita com trigo, que adoramos, mas um pouco mais leve que a weiss comum), clara, com 4,5% de teor alcoólico e com aroma e sabor frutados muito agradáveis. Nós encontramos essa gracinha engarrafada em 750 ml no Sam’s Club da Linha Amarela, aqui no Rio. Uma boa surpresa, pois não conhecíamos e após avaliar a relação de custo/benefício, levamos pra casa.

Conheça a Blanche de Namur:

A garrafa e o rótulo são bonitos, possui gosto agradável, mas alguns detalhes podemos ressaltar além das qualidades:

– Muito colarinho. Por favor cervejeiros, não nos matem, nós gostamos de um bom colarinho. Acontece que mesmo seguindo as regrinhas para servir corretamente esta cerveja e equilibrar líquido e espuma, acaba que na nossa opinião ficou espuma demais. Mas ok…

– Sabor suave. Não, não é um defeito é apenas uma nota, já que gostamos de sabores mais concentrados e fortes.

– Não é a mamãe Paulaner. Ainda não encontramos cerveja de trigo que, na nossa opinião, se compare.

Superados estes fatores e gostos pessoais, recomendamos que experimente a Blanche de Namur, da Brasserie du Bocq. Uma beleza belga pronta para ser apreciada que ganhou o posto de World’s Beer Awards de 2009 na categoria Grain-only Wheat Beer.

Ah, também é possível encontrá-la na versão 330 ml. 😉

Links e sites relacionados:

Informações no Brejas aqui.

Post sobre esta cerveja no Cervejeiros Amadores (com direito a vídeo) aqui.

Fica a dica!

0

Leitura pra ficar de olho: Aviador

Olá!

Esse mês dei uma engatada (ui!) legal num livro de um escritor que aprendi a gostar no final da minha adolecência: Eoin Colfer, autor da muito boa série Artemis Fowl, ao qual recomendo fortemente pra quem é fã de Harry Potter e afins.

Confira a sinopse e a capa desta bela obra – Aviador (Airman, 2008):

“Conor nasceu para voar. Ou, mais precisamente, nasceu voando. Em uma era de descobertas e invenções, muitos sonhavam em voar, mas para ele isto era mais do que um sonho: era seu destino. Em uma noite sombria, uma traição cruel e astuciosa destrói sua vida e rouba seu destino. Agora, Connor precisa ser o primeiro a conseguir alçar voo, para salvar a família e corrigir um terrível engano.”

Já li a série Artemis Fowl praticamente inteira (só esperando sair o último lançamento em português), o solo A lista dos Desejos e sua adição a série O Guia do Mochileiro das Galáxias com o livro E Tem Outra Coisa…, são todos ótimos! O cara escreve muito bem, narra uma boa aventura com maestria! E com Aviador não foi diferente.

Conor Broekhart é uma criança super inteligente (Lembrei de Artemis na hora – Seria ele um ascendente?) no final do século 19, onde o pano de fundo encaixa perfeitamente com um ritmo que beira o steampunk. Diferente de suas obras anteriores, não há uma gota de mágica nem de sobrenatural, apenas física, ciência e boas lutas de espadas (e, acredite, isso é bom)!

Aventura do início ao fim, o livro começa com uma pegada interessante onde achamos ser apenas uma história de um garoto com um forte desejo de voar, mas que sofre uma reviravolta dramática em sua vida e literalmente vê seus sonhos e esperanças voarem pelo ar (não podia perder essa, né).

Não vou fazer nenhum spoiler, mas o ritmo acelerado do livro (que é muito bem trabalhado) me deu a impressão que em certos momentos o autor precisou cortar certas partes ou, ao menos, poderia detalhar mais algumas delas. Não sei se não queria fazer um livro muito grande (Afinal, termina com 448 páginas), mas em dois momentos do livro senti uma passagem de tempo muito rápida, uma perto do final e outra no próprio final, onde esperava uma cena mais dramática e épica, mas não se engane, continua sendo um ótimo final, que facilmente poderia ter um gancho para uma continuação.

Enfim, curti muito, devorei-o como a muito tempo não fazia com um livro! Recomendo fortemente!

Links e sites relacionados:

Site oficial do autor aqui e sobre o livro supracitado aqui.

Wiki americano sobre Eoin Colfer aqui e sobre Aviador aqui.

Resenhas do site Sobre Livros aqui e do blog Geeks and Comics aqui.

Fica a dica!

0

Cerveja também é saúde!

Todos nós sabemos que qualquer coisa em excesso faz mal.

E por mais que seja ruim admitir, cerveja, esse líquido lindo e dourado (na sua forma mais comum) também faz parte dessa verdade. Mas já existem inúmeros artigos mundo afora nos informando sobre os benefícios de beber uma boa cerva por dia.

Confira um infógrafo postado no FB do Brejas:

Fonte: Facebook do Brejas.

Fica a dica!

0

Atenção, Nerds! Datas para não esquecer!

Nada como começar o ano sabendo de datas importantes! Então fiquem de olho no que acontecerá de importante no mundo da cultura pop e guarde seu rico dinheiro para acompanhar o que vem por aí. 😉

Anotem!

Feliz 2013 pra vocês!

D: Aguardo a maioria destas datas, mas pra todo bom nerd da minha idade, dia 30 de Março é o que HÁ! *_*

Fonte: Amigos do Fórum

Fica a dica!